Skip to content

Como Aprender Inglês com Ritmo e Flow

 “Hey gringo, can you speak Portuguese?”
“A little, you wanna hear?”
“Nossa, Nossa, assim você me mata…”

“If you keep singing that song I will kill you.”

leia este texto em inglês | Real Life English International Community

Certo, então, talvez Michel Telò não seja seu artista favorito, mas a o ponto que quero chegar é que quando usamos da maneira correta, a música pode ser uma das formas mais eficazes para aprender uma linguagem. Através da música podemos aprender vocabulário e também aspectos culturais do nosso país. Seja ouvindo Samba, Hip Hop, Baile Funk, você coletará muitas formas coloquiais e terá uma compreensão ampla de um estilo de ritmo e de música particulares.

eu me sinto bastante conectado a esse método de aprendizagem pois eu vivenciei isso em primeira mão. Antes de vir para o Brasil, eu praticava Capoeira já há algum tempo. Durante cada aula eu ficava exposto á várias músicas da capoeira, de “Zum Zum Capoeira Mata Um”, “Leva Morena Me Levar,” a Paranà ê Paranà etc. Embora na época eu não soubesse nada do que eu estava cantando, subconscientemente eu fui me familiarizando com a fonética da linguagem. Quando eu aprendi como pronunciar palavras com o som “lhe/a” (orelhão), ou o som nasal em palavras como “mamão”, ou “pão,” eu já estava adiantado no jogo.

Finalmente, quando eu vim para o Brasil foi como se eu estivesse montando um quebra-cabeças, eu comecei a entender mais e mais do idioma e as músicas começaram a ficar mais claras. A beleza do aprendizado através da música da Capoeira foi que eu também aprendi muitas coisas da história do Brasil, já que muitas das músicas contavam histórias do comércio dos escravos Africanos e sua abolição.

O que eu não percebi foi que até começar a estudar o idioma, o tempo todo eu estava cantando em Português e também estava aprendendo a infraestrutura fonética do idioma.

Então, aprender um idioma não é simples como ouvir suas músicas favoritas e relaxar. É preciso investir esforço nesse processo. Hoje vamos dar uma olhada no método diferente de aprender Inglês, ou qualquer outro idioma através da música. Vamos dar uma conferida no que é conhecido como o Método da Mímica.

O Método da Mímica

Esse método de aprendizado foi desenvolvido por Idahosa Ness, que criou essa ideia enquanto aprendia percussão brasileira no Rio De Janeiro. Idahosa é um músico /linguista que fala quatro idiomas fluentemente e com seu método de mímica, consegue imitar fluentemente muitos outros idiomas. Idahosa é um músico talentoso que ensina idiomas através do que chamamos de treinamento da Fonética Rítmica. Seus ensinamentos são baseados, em primeiro lugar, na aprendizagem da infraestrutura da fonética do idioma. Isso é feito através de todos os diferentes fonemas, antes de aprender de fato qualquer palavra ou estrutura gramatica do idioma. Idahosa incentiva os alunos a aprenderem esses sons através da música (principalmente o rap, por ser semelhante ao Inglês “falado”), “nós devemos aprender O FLUXO do idioma” diz Idahosa.

Semelhante à abordagem para aprender Português com a música da Capoeira, Idahosa faz seus alunos cantarem rap no idioma antes de mais nada, o que é uma forma de treinar sua percepção auditiva. Ouvir e repetir, ouvir e repetir, como se estivesse aprendendo um instrumento musical. Esse método é excelente para a redução do sotaque. Pense sobre ouvir alguém tocar uma guitarra desafinada. É claro que você vai entender a música, mas o som não será tão bom quanto em um instrumento afinado. É assim que o treinamento repetitivo poderá ajuda-lo com sua experiência de aprender um idioma, que é o que Idahosa chama de “Método da Mímica.” Ao invés de apenas relaxar e ouvir suas músicas favoritas, diminua o ritmo e imite o cantor, finja que você é Snoop Dogg, imprima as letras e se torne um “gangster.” Se o rap de gangster não for bem seu estilo, misture algumas músicas e tente algumas que você goste.

Vamos dar uma olhada na ação de Idahosa e ver algumas de suas habilidades com mímica.

[media url=”http://www.youtube.com/watch?v=p9hij0H8jp0&feature=player_embedded” width=”600″ height=”400″]

Se você quiser saber mais sobre o Método da Mímica e como encontrar o fluxo, dê uma olhada nesse website:

Outro Rapper/Comediante/Professor de Inglês que eu tenho que mencionar nesse artigo, é um amigo do Real Life English, Dawg. Dawg (a.k.a Rodrigo), ensina e faz performances por B.H. já há algum tempo. Dê uma olhada como ele e seus amigos são mestres no idioma usando o ritmo e a música, e ao mesmo tempo, sem abandonar as raízes brasileiras
[media url=”http://www.youtube.com/watch?v=DFOqc6a4RrY&feature=plcp” width=”600″ height=”400″]

Outros Métodos de Aprendizagem com a Música

Outro método de aprendizagem através da música é uma forma mais tradicional de dissecar a música. Isso pode ser feito focando no vocabulário e na estrutura gramatical, cantando ao mesmo tempo em seu carro, no ônibus ou em casa, durante seu tempo livre. Vamos conferir no quanto podemos aprender com apenas um verso de uma música famosa. Por estarmos falando de rap com o método da mímica, vamos usar “Gangster’s Paradise” do Coolio.

But I ain’t never crossed a man that didn’t deserve it 
Me, be treated like a punk, you know that’s unheard of
You better watch how you talkin, and where you walkin
Or you and your homies might be lined in chalk

Agora, vamos dividi-la em partes.

A primeira coisa que provavelmente você notou é como eles soletraram talking e walking. O som “ing” é um “in” rápido no final do verbo, que é como a maioria das pessoas pronunciaria em Inglês:

What has been happening fica, What’s been hap’nin or
What are you doing?
 Fica, What-cha do’in?

Outro vocabulário que pode tê-lo deixado inseguro é a expressão “I ain’t never crossed a man,” onde cross someone é fazer alguma coisa ruim a essa pessoa.

a expressão “ain’t” está incorreta, mas é um substituto muito comum para “not.”

I am not going out tonight / I ain’t going out tonight
She isn’t talking to me / She ain’t talking to me no more.

Confira mais explicações de “ain’t” com nosso gangster favorito, Dawg.
[media url=”http://www.youtube.com/watch?v=aOzCKS9Xx2U&feature=plcp” width=”600″ height=”400″]

Como foi explicado pelo Dawg, a gramática do Hip Hop nem sempre está tecnicamente correta, mas é muito comum na pronúncia do inglês.

O aspecto cultural seria, “Or you and your homies might be lined in chalk.” Ser “lined in chalk” é quando a polícia desenha uma linha em volta de um corpo para que possam leva-lo embora e ainda sim usar a posição para mais investigações.

Com apenas um verso da música, aprendemos não apenas o vocabulário e a pronúncia, mas também temos uma visão da cultura dos gangster dos EUA, por mais mórbido que possa parecer. Esse exercício pode, às vezes, ser um pouco difícil para ser feito, principalmente se seu nível de Inglês não for muito avançado. Então, sugiro aos meus alunos que usem blogues e sites bem legais para ajuda-los nesse processo.

Aqui estão dois dos meus favoritos, que foram especificamente criados para Brasileiros:

Inglescomrock.com

Esse blogue é dedicado aos fãs do rock que querem melhorar seu inglês através de hits clássicos e modernos do rock’n’roll. Diego, o criador do site, criou o blogue com base na sua experiência de aprendizagem do Inglês, e no seu amor pela música. Seja você um fã ou não do rock, esse é um ótimo recurso para todos os estudantes.

Inglescommusica.net

Nesse blogue, Ueritom passa uma visão próxima de muitas músicas de diferentes gêneros. Ele passa a letra de cada música, focando na gramática e no vocabulário. Outra ótima fonte para aqueles que falam Português.

Então, da próxima vez que  você ouvir suas músicas favoritas, tente fazer disso uma aula de inglês. Quer você entenda ou não a letra, preste atenção aos sons e na fonética, isso com certeza vai ajuda-lo com sua pronúncia. E conforme você for desenvolvendo seu vocabulário, como a minha experiência com o Português, você se tornará cada vez mais acostumado ao Inglês (talvez subconscientemente) a cada música que você ouvir.

Um exemplo bastante peculiar disso, e eu não sei o que isso diz da cultura Brasileira, é quando estou ensinando o present continuous. Muito frequentemente eu ensino a expressão “It’s raining,” e a reação dos meus alunos é: “Oh like the song, It’s raining men, Halleluiah!!”

Se você tiver alguma música legal para aprender Inglês, por favor, poste na comunidade Real Life English no Facebook.

Outros recursos:
Ebonics página no facebook, para o estudante de Inglês rapper
http://www.facebook.com/groups/Ebonics/

Dawg- The Real Gangster (Professor de Inglês), visto com sua turma no vídeo acima.
http://www.youtube.com/user/rodrigohonorato7

  • Gustavo Igor says:

    Mandou bem Chad Fishwick!

  • Gustavo Igor says:

    Mandou bem Chad Fishwick!

  • >