Na primeira parte de “Como saber se você é fluente em inglês”, discutimos os diferentes níveis da fluência na língua, definindo a fluência, de forma geral, como uma maneira efetiva e natural de se comunicar, que auxilia na vida do locutor.

Read this text in EnglishJoin the RLE International Community

O primeiro artigo concentrou na Fluência Emergente, naqueles que ainda estão começando a conhecer a fluência no inglês. Agora, iremos descrever melhor este processo, uma vez que ele envolve desde o nível emergente até o nível mais avançado da fluência, chamado de Fluência Estável.

O presente artigo não rejeita as muitas definições de fluência existentes (a maioria delas válidas em seus próprios termos). Ele também não rejeita os vários testes construídos de forma a medir níveis de fluência (que é o que promove integridade e congruência às definições).

 O objetivo do Real Life English é COMPLEMENTAR E BALANCEAR o lado sistêmico e abstrato do aprendizado do inglês. Tentamos fazer isso oferecendo uma perspectiva integrada e aberta às várias metodologias e experiências que tanto os professores como os alunos têm disponíveis.

 FLUÊNCIA EMERGENTE: ENTUSIASMO E ESFORÇO

Na primeira parte deste artigo, discutimos como aprimorar seu nível pode ser animador e ao mesmo tempo difícil durante seu processo de aprendizagem.

O estágio emergente não só brinda uma descoberta significativa e “real” da linguagem como pode revolucionar todas as demais partes. O momento emergente abre oportunidades para que você possua experiências autênticas, já que você começa a curtir e participar mais do processo de aprendizagem.

É neste nível que se começa a vivenciar estágios básicos de fluência, mesmo que não durem muito tempo. O momento importante deste processo é quando você se familiariza com a comunicação fluente, mesmo que por pouco tempo.

De acordo com a minha perspectiva acerca de um falante deste nível é a de que tem-se que possuir muita coragem para atravessá-lo, mas a intenção e a personalidade compensam no momento em que se constroi conexão significativa.

O problema neste ponto é que muitas pessoas não possuem uma auto percepção muito precisa. Eles pensam que soam mal quando falam (o que é uma forma errônea de pensar para uma comunicação básica) e ficam com vergonha ao cometer algum erro gramatical.

Muita gente fica PRESA nesta fase por dizer constantemente: “Tenho muita vergonha de falar inglês. Meu inglês é muito ruim.”. Para algumas pessoas isso se torna um mantra e, em seguida, uma realidade. Essas pessoas esperam um inglês perfeito, não compreendendo que precisam aceitar suas imperfeições e relaxar antes que qualquer perfeição seja viável.

Se for neste estágio que você se encontra, leia as dicas abaixo:

DICAS PARA ESTABILIZAR A SUA FLUÊNCIA

Embora essa seja uma das fases mais difíceis e desafiadoras (em termos psicológicos), ela pode ser usada como um trampolim para os níveis mais avançados, se abordada de forma correta.

Leia mais sobre a Primeira Parte deste artigo aqui

FLUÊNCIA ESTÁVEL: ALÍVIO E COMPETÊNCIA

Como vimos, a Fluência Emergente é caracterizada pelo ânimo seguido de frustração com relação às suas habilidades de se comunicar, bem como com o esforço permanente. A Fluência Estável, por outro lado, se apresenta como um grande alívio, uma vez que a luta psicológica acaba e você finalmente aceita que SABE FALAR INGLÊS.

É como uma criança aprendendo a andar: dando os primeiros passos, caindo, levantando novamente, caindo de novo e tentando se adaptar àquela nova habilidade. O aluno que atinge a Fluência Estável quase nunca tem problemas ao andar (mesmo que nem sempre seja fácil) e só cai em raras ocasiões (conseguindo se levantar sozinho).

A comunicação, na maioria das situações, está FINALMENTE estável e relativamente natural, mesmo que ainda não seja perfeita. No entanto, você sabe que a perfeição é um processo e você começará a perceber como até mesmo os falantes proficientes da língua cometem erros o tempo todo. Quando você cometer um erro ou tiver alguma dúvida (o que ocorrerá com frequência) você saberá “seguir o fluxo”.  Aprenda com este “fluxo” e você perceberá que a perfeição não é uma regra para se expressar de forma natural e eficiente.

Para atingir o estágio de Fluência Estável, você terá que se sentir confortável ao falar, ao cometer erros e ao aprender com eles. Se você disser “não falo inglês muito bem” será por pura formalidade, já que você sabe que pode se comunicar de maneira natural e eficiente.

 Um nativo da língua inglesa se sentiria confortável falando com você em uma velocidade normal ou praticamente normal. Ao mesmo tempo, você se sentiria confortável em pedir a ele que repita, para que fale mais devagar ou que explique melhor algum ponto. Você consegue perceber que a maioria dos nativos saberá que você não é nativo, ao mesmo tempo em que as pessoas não esperam que você seja.

A beleza desta fase é a sua segurança ao se comunicar, ao fato de você se sentir conectado à cultura e à língua, construindo uma plataforma para níveis mais avançados de proficiência. Tais níveis serão divididos aqui em diferentes níveis de domínio (que iremos abordar na próxima semana).

Os desafios deste estágio são as correções em problemas gramaticais, o desenvolvimento da consciência dos defeitos em seu processo de desenvolvimento (mesmo se eles não freiam necessariamente sua habilidade de comunicação). Por fim, cultivar um estilo de vida que promova o contato consistente com canais da mídia que falam a língua (ou até com nativos da língua).

PRÉVIA DA FLUÊNCIA AVANÇADA E CHAMADA PARA AÇÃO

Enquanto a Fluência Emergente não é uma fluência sólida em termos técnicos, continua sendo um estágio muito bonito, mesmo que desafiador, para se estar. A Fluência Estável, mesmo não sendo a terra mágica e perfeita que muita gente espera, é um ótimo trampolim para níveis maiores de domínio da língua. Esse nível será abordado na terceira parte deste artigo.

Fluência Avançada/Domínio da Língua são níveis que poucos alunos têm o privilégio de atingir. Existem muitas razões, mas EM RESUMO, tal nível demanda um tipo especial de pessoa, bem como um processo também especial. Pessoas que atingem o domínio da língua possuem ao menos algumas das características abaixo:

CARACTERÍSTICAS DE PESSOAS QUE ATINGEM FLUÊNCIA AVANÇADA 

  • Um DESEJO enorme de atingir níveis cada vez maiores de fluência (ou seja, perseverança).
  • Uma enorme SATISFAÇÃO no processo de aprendizagem de línguas.
  • ACESSO constante à cultura da língua inglesa.
  • Uma CONSCIÊNCIA clara do seu processo de aprendizagem de línguas.
  • EDUCAÇÃO superior ou instrução que os ajudaram a aprender.
  • Um TALENTO excepcional para o aprendizado de línguas/ uma habilidade especial neste campo específico.

 Fique atento para não perder a versão em português deste artigo. Não perca também a próxima publicação, ou seja, a Terceira parte deste artigo, que irá abordar a FLUÊNCIA AVANÇADA/DOMÍNIO.

Independente do seu nível, lembre-se que a fluência é uma experiência pessoal. Ninguém além de você pode te fornecer a confiança e o entendimento cultural para falar de uma maneira natural e descontraída, ou falar que seu inglês está com muitas falhas. É algo que você tem que adquirir através das suas próprias experiências. Pode ser um processo árduo, mas ele SERÁ recompensado. Obtenha apoio das pessoas que já passaram por isso.

Se você gostou deste artigo, pedimos a você que compartilhe, curta, comente com seus amigos. Fale para o mundo sobre o Movimento Real Life English, que já possui mais de 3 mil membros de mais de 50 países.

Se você ainda não faz parte, entre agora na Comunidade Internacional de Aprendizado Real Life English, em que tópicos como este são dicutidos constantemente. Obtenha uma cópia do nosso popular e-book, 101 English Words You Won’t Learn in School.  

  • Samila Matos says:

    Onde está a terceira parte?