Skip to content

Aprendendo Inglês com Músicos Brasileiros

English with Brazilians “That’s ’cause the Copacabana comes directly, from the canyons of Manhattan. In the land that gives us the coconut and bananas,In the jungles and the pampas of Brazil”

 The Copacabana- Carmen Miranda

O que é a música brasileira para quem nunca teve contato com sua cultura? Ainda, como as pessoas ao redor do mundo as entendem? Por fim, como os músicos brasileiros conseguem ser ouvidos ao redor do mundo?

Além do mais, muitos estrangeiros acreditam que todas as músicas brasileiras são cantadas por uma mulher que usa um chapéu cheio de frutas. Infelizmente, devido à maneira como a cultura brasileira é exportada, muitas pessoas ao redor do mundo têm uma visão incompleta do Brasil.

E-livro de graça: 101 Palavras que você não vai aprender na escola

leia a tradução do texto em inglês

O inglês, ao contrário, apesar da sua reputação negativa como força motora da globalização, serviu como uma ponte cultural entre o Brasil e o resto do mundo. Para espalhar sua arte, comunicar sua cultura e conectar-se com o resto do mundo, alguns dos ícones musicais brasileiros compuseram e se apresentaram alguns – ou mesmo todos – os seus trabalhos em inglês.

Ao menos a tal mulher com o chapéu cheio de frutas canta em inglês.

Música Brasileira na Austrália

Crescendo na Austrália, as únicas imagens que eu tinha acerca de música brasileira eram as da grande Carmem Miranda cantando e dançando em musicais antigos. Ou mesmo ouvindo Frank Sinatra ou Tom Jobim cantando “Garota de Ipanema”.

Eu sabia muito pouco que o Brasil era replete de talent musical, estilos e sons únicos que só podem ser encontrados aqui, nesta vasta área de cultura mistas. Do samba à bossa nova, do frevo ao maracatu, do forró ao baile funk – além de um vasto leque de de ótimas bandas e músicos, deste Calypso à Michel Teló… tá, talvez não consideremos esses dois últimos, mas você pegou a ideia.

Quando eu cheguei ao Brasil e comecei a escutar a estes estilos de música, fiquei muito surpreso de não ter sido exposto aos mesmos antes. Disse aos meus amigos australianos para que escutassem Gilberto Gil, Seu Jorge, O Rappa, etc… mas nenhum deles conseguiu curtir as músicas tanto quanto eu. Talvez fosse devido à ignorância cultural deles, ou à falta de capacidade de compreender as letras – não sei dizer.

Para mim, a maioria das músicas brasileiras tem uma conexão especial com as pessoas. Um sentimento de unidade, algo que muitos estrangeiros que não permaneceram no Brasil por muito tempo não conseguem captá-lo ou senti-lo.

E sem dúvidas, entender e refletir sobre as letras das músicas faz com que minhas experiências se aprofundem muito mais. Vamos dar uma olhada em alguns exemplos.

Gilberto Gil

O primeiro músico que irei falar sobre hoje é Gilberto Gil. Embora ele tenha produzido somente um álbum em inglês, e sem sucesso, eu realmente o admiro como músico. Também sempre pensei nele como um ícone musical brasileiro.

 Na época de seu exílio do Brasil, durante o período da Ditadura Militar, Gil foi exposto ao reggae, dentre outros estilos, e os colocou cuidadosamente em seu repertório de estilos musicais. Gilberto produziu o álbum “Kaya N’Gan Daya”, em que ele fez várias versões das melhores músicas do Bob Marley para o português.

Vamos pegar alguns trechos de “Gimme Your Love”, que foi gravado com a banda de Bob Marley, “The Wailers”, em 1984. Você vai perceber que esta música em português como sendo a “Vamos Fugir”.

Gimme (give me) Your Love

Gimme your love                                    Me dê seu amor
Make me move, baby                           Faça-me move, baby
Gimme your love                                   Me dê seu amor
Cause your love is paradise             Porque seu amor é o paraíso
Just as sweet as my reggae             Tão doce como o meu reggae

Gimme your love                                  Me dê seu amor
Make me move, baby                          Faça-me move, baby
Gimme your love                                  Me dê seu amor
Cause your love is like a prize         Porque seu amor é como um prêmio
Just as rich as my reggae                  Tão rica como o meu reggae

 Renato Russo

Quando eu cheguei, perguntei às pessoas daqui sobre cantores icônicos brasileiros. Um dos primeiros apontados era Renato Russo. Também percebi que toda vez que ia a um churrasco em que havia uma guitarra, alguém tocava “Faroeste Caboclo”.

O que eu não sabia e descobri recentemente é que Renato Russo também gravou um álbum em inglês. Chama-se “The Stonewall Celebration Concert” e foi gravado em 1994.

 Vamos dar uma olhada no verso de “Love is”.

Love Is

Love is the pleasures untold                                               O amor é o intocável dos prazeres
And for some love is still a band of gold                        E alguns amores ainda merecem uma faixa do ouro
My love, my love has no reason has no rhyme          Meu amor não tem nenhuma razão, não tem nenhuma rima
My love, my love crossed the double line                     Meu amor atravessou a linha dulpla

Sepultura

 Como eu estou muito feliz morando em Belo Horizonte, não poderia esquecer essa banda com seu mineiro metaleiro. Sepultura, provavelmente uma das bandas brasileiras mais famosas fora do Brasil, já vendeu mais de 20 milhões de álbuns ao redor do mundo e já ganhou vários discos de ouro e de prata.

 A banda foi fundada por dois belorizontinos, Max e Igor Caveileira, e sua principal influência foi a banda de heavy metal inglesa chamada “Venom”.  O estilo da banda é uma mistura de death metal com um toque de guitarra punk, adicionados a alguns elementos de percussão tribais.

 A música que vamos ouvir é “Roots, Bloody Roots”. É um protesto nos mostrando que devemos ser orgulhosos de nossas raízes.

Uma das interpretações da música é a de que o autor estaria se referindo às raízes brasileiras e à escravidão dos africanos, uma parte sombria e sangrenta da história do Brasil.

Roots, Bloody Roots

I believe in our fate                                 Eu, acredito em nosso destino
We don’t need to fake                            Não precisamos disfarçar
It’s all we wanna be                              É tudo que queremos ser
Watch me freak                                       Me veja enlouquecer !!
I say we’re growing every day        Eu digo, estamos crescendo todo dia
Getting stronger in every way          Ficando fortes de todas as formas
I’ll take you to a place                           Vou te levar para um lugar
where we shall find our                       Onde devemos achar nossas
Roots bloody roots                                 Raizes malditas Raizes
Roots bloody roots                                 Raizes malditas Raizes

Little Joy

 Agora uma banda que só recentemente comecei a escutar: Litte Joy. Apesar de eu não conhecer tanto a música deles, gostei de todas as que ouvi desde que fui apresentado à banda por vários membros da Comunidade Real Life English.

O líder/vocalista/guitarrista da Little Joy é também o líder da banda Los Hermanos, Rodrigo Amarante, e que está bem acompanhado por Fabrizio Moretti, o baterista da banda americana “The Strokes”.Little Joy foi formada em Los Angeles, em 2007, e tornou-se muito popular nos Estados Unidos. Eles são conhecidos por terem uma batida otimista e relax.

Vamos dar uma olhada na letra de uma de suas músicas mais populares.

Next Time Around

One too many goals                                 São muitos objetivos
That measure out your worth            Para medir o seu valor,
To seek your weight in gold                Para buscar seu peso em ouro
Sat by the ivory sill                                 Sentado na soleira de marfim,
The further out you look                      Quanto mais longe você olha,
The further out you’ll be                      Mais longe você estará.

 Aí está, 4 ótimas músicas em 4 estilos musicais diferentes, todos de raízes brasileiras. Como língua internacional, o inglês não é somente a ponte principal para os negócios, mas também para a cultura. Foi assim que as estrelas do pop, do rock e da MPB foram ouvidas nos quatro cantos do globo. Assim fica muito fácil aproveitar e usar as músicas para aprender inglês, compartilhando ao mesmo tempo sua cultura com outras nacionalidades.

 Espero que você tenha gostado deste guia para aprender inglês com músicas brasileiras! Adoraríamos que você pudesse nos apresentar mais coisas na comunidade do RealLife English no Facebook.

Como você se sente quando ouve estas músicas? Você considera uma coisa boa que eles cantem e outra língua? Ou você preferiria que elas fossem cantadas em português? Diga o que você pensa!

Cheers Chad.

voltar à página dos melhores artigos

>