Skip to content

Gramática Simplificada: Padrões Verbais

grammar-made-easy-300x224Quando se estuda um idioma, todo mundo passa por diversos altos e baixos.

Em algumas etapas do processo, geralmente quando você acaba de aprender algo novo, você se sente no topo do mundo e muito confiante.

Outras vezes, frequentemente quando você fica surpreso com alguma regra gramatical inesperada, você sente que é impossível e tem vontade de desistir.

Muitas das vezes quando você se sente como que jogando a toalha é porque é confrontado com algo que você não entende. Todas essas coisas que você não entende podem ser facilmente clarificadas se puder se acalmar, respirar profundamente e tentar abrir sua mente para a nova forma de entender o problema.

Neste artigo, irei simplificar um desses comuns “baixos” que fazem todos os meus estudantes se sentirem massacrados e perderem a motivação de aprender quando eu abordo sobre esse assunto.

É hora de pegar essa toalha e começar a boxear com afinco o inglês!

Para se conectar com pessoas do mundo inteiro e obter todas as notícias do RLE, junte-se a nossa mailing list, clicando aqui

Que diabos são padrões verbais?

No inglês, nós temos muitas regras quando se trata de usar dois verbos juntos na mesma frase.

Padrões verbais são a forma que você irá usar o segundo verbo quando este é dependente do primeiro verbo. Por exemplo:

I like drinking green tea after dinner or I like to drink green tea after dinner

(Eu gosto de beber chá verde depois de jantar) .

Neste exemplo você verá que em um deles estou usando a “forma ing” e em outra estou usando o “to infinitive”. Neste exemplo, ambas as formas são corretas e as duas significam exatamente a mesma coisa.

O que é tão difícil a respeito disso?

Claro, isso parece bem fácil, mas o verbo “like” (gostar) é um exemplo de um verbo que pode ser de ambas as formas e o significado não muda. Se eu fosse mudar o primeiro verbo de “like” (gostar) e usasse o verbo “stop” (parar). Por exemplo:

I stopped drinking water when exercising or I stopped to drink water when exercising
(Eu parei de beber água quando estava me exercitando / Eu parei para beber água quando estava me exercitando)

Neste exemplo, ambas as frases estão corretas, mas possuem diferentes significados. No primeiro, eu parei a atividade de “beber água”, e na segunda, parei o que estava fazendo (exercitando-me) para beber água.

Então, agora você pode ver que dependendo do primeiro verbo que eu usar, tenho que saber de que forma  usarei  com o verbo que o segue.

Agora vamos dar uma olhada em todas as possibilidades.

Verbos que são sempre seguidos de ING (gerúndio)

Agora que nós sabemos que essas regras existem, vamos categorizá-las e explorar todas as nossas opções quando aplicamos os padrões verbais.

Na primeira categoria, iremos ver todos os verbos que são precedidos do segundo verbo, sendo na “forma ing”. Esses verbos podem ser conjugados da forma que você gostar, tal qual o segundo verbo é na forma ing.

Miss- I miss playing guitar on the weekend  (Eu sinto falta de tocar violão no fim de semana)
Appreciate-
I appreciated playing the guitar on the weekend (Eu gostei de tocar violão no fim de semana)
Practice-
I’m going to practice playing the guitar on the weekend (Irei praticar violão no fim de semana)
Consider-
I have considered playing the guitar on the weekend (Eu ja considerei  tocar violão no final de semana).
Admit-
I admitted playing the guitar on the weekend (Eu admiti a tocar violão no fim de semana)
Cant’stand-
I can’t stand playing the guitar on the weekend (Não suporto tocar violão no final de semana)

Como pode ver, todos esses verbos quando precedidos de um outro verbo, independente de como os conjuga, sempre terão a conjugação “ing” no segundo verbo.

Verbos que são sempre seguidos de (to) infinitivo

Como você viu logo acima, verbos sempre seguidos de “ing”, também temos verbos que são sempre seguidos de (to) no infinitivo.

Exatamente como o mesmo acima, esses verbos podem ser conjugados como quer que você goste, assim como o Segundo verbo está na forma infinitiva “to”. Vejamos algumas dos infinitivos mais comuns:bill

Demand- I demanded to pay the bill (Exigi a pagar a conta)
Offer-
I’m going to offered to pay the bill (Me oferecerei pra pagar a conta)
Wait-
I was waiting to pay the bill (Estava esperando pra pagar a conta)
Decide-
I have decided to pay the bill (Decidi pagar a conta)
Hope-
I hope to pay the bill (I have never said this) / Espero pagar a conta (Nunca tinha dito isso)
Plan-
I didn’t plan to pay the bill (Não planejei pagar a conta)

Como podem ver, esses verbos sempre serão seguidos de um verbo na forma infinitiva “to”. Assim como os verbos seguidos de “ing”, não importa como conjugamos o primeiro verbo contanto que você siga o padrão desse primeiro verbo, seja essa a “forma ing” ou o “(to) infinitivo”.

Outros padrões

Alguns verbos podem ser usados de ambas as formas e isso não muda os seus significados. Alguns desses verbos incluem:

Like- I like to eat / I like eating (Eu gusto de comer)
Continue-
I continued to eat / I continued eating (Continuei a comer/ Continuei comendo)
Start-
I started to eat / I started eating (Comecei a comer)

E como eu mostrei à vocês com o verbo “stop” (parar), alguns verbos podem usar ambos os padrões, porém o significado muda. Por exemplo:

Remember (Lembrar)

I remembered to lock the door  – Eu lembro de ter trancado a porta / Não esqueci
– I remembered locking the door    Eu me lembro trancando a porta / Tenho esta lembrança em minha mente

Forget
I forgot to lock the door –  Esqueci de trancar a porta / Não me lembrei
– I forgot telling you to lock the door – (Esqueci de dizer a você pra trancar a porta / Não me lembro disso

Try
I tried to tell you what happenedEu tentei te dizer o que aconteceu / Uma falha tentativa de algo
Have you tried telling herJá tentou dizer a ela? / Uma forma sugerida de resolver o problema

Esses verbos tendem a ser mais difíceis de se entender, mas é muito importante não ficar tão estressado a respeito de memorizar todos eles porque é algo que tende a acontecer naturalmente com a maior exposição ao inglês que você tiver.

Para ver uma lista mais extensa desses padrões verbais com exemplos, clique aqui.

Chamado à Ação

Está praticando inglês todos os dias? Já desenvolveu um hábito de falar inglês?

Sendo você um falante iniciante ou avançado do inglês, é importante ter alguns tipos de hábitos diários de inglês. Ouça um podcast, leia um artigo do Real Life English, fale com alguém da comunidade do facebook do Real Life English.

O que quer que seja, tendo umhábito diário de inglês é uma forma mais eficaz de se aprender um idioma. Com apenas 10 à 20 minutos por dia, você poderia melhorar seu inglês imensamente e naturalmente, numa forma interessante e divertida.

>